São 50,9 milhões de euros, o lucro consolidado da NOS, ou seja, mais 7,6% do que em igual semestre do ano passado.

Os resultados da operadora liderada por Miguel Almeida foram apresentados esta quarta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

A NOS registou, nos primeiros seis meses de 2016, mais um semestre de forte ritmo operacional", refere-se no comunicado, onde são salientados crescimentos em todos os serviços, com a operadora a ganhar quota de mercado.

O resultado líquido antes de resultados de empresas associadas e "joint-ventures" e interesses não controlados subiu 54,2% para os 60,6 milhões de euros.