Os bancos portugueses CGD, BCP e BPI passaram nos exercícios de transparência da Autoridade Bancária Europeia hoje divulgados, ainda que com rácios de capital abaixo da média europeia.

Estes exercícios da Autoridade Bancária Europeia (EBA na sigla inglês) abrangeram 105 bancos de 21 países europeus e avaliaram o balanço de cada um com base nos dados disponíveis.

Segundo a Lusa, o regulador bancário verificou que os bancos têm vindo a “fortalecer” as suas posições de capital.

Tendo em conta os dados de final de junho deste ano, no total, os três bancos portugueses analisados apresentaram em média um rácio de capital ‘fully loaded’ CET 1 de 9,3%, CET1 (Common Equity Tier 1) de 11,6%, ‘Tier 1’ de 11,7%, sendo o total de 12,8%.