A corrida à reforma na Administração Pública atingiu o nível máximo este ano. Entre janeiro e dezembro, aposentaram-se cerca de 26 mil funcionários públicos, um número que representa um aumento de 25% face ao ano passado e representa um valor recorde desde 2005, escreve o jornal «Correio da Manhã».

De acordo com o mesmo jornal, os professores foram os principais protagonistas, com 4628 docentes a escolherem a aposentação.

Neste momento, segundo apurou o «Correio da Manhã, quase 15 mil pedidos de reforma antecipada aguardam uma decisão da Caixa Geral de Aposentações desde 2012.