Quase dez mil funcionários públicos vão-se reformar até final do primeiro semestre, isto já contando com os dados hoje divulgados sobre os que que vão passar para a reforma em junho.

Segundo contas feitas pela agência Lusa com base nas listas da Caixa Geral de Aposentações (CGA), em junho, vão passar à reforma 1.636 funcionários públicos, a maior parte dos quais trabalhadores dos ministérios da Saúde (449) e da Educação (353).

Com os funcionários que se reformam em junho, sobe para 9.569 o número total dos trabalhadores que se reformam no primeiro semestre deste ano.

Janeiro foi o mês com maior número de funcionários a reformarem-se, com 1.666, seguindo-se junho, com 1.636. Nos restantes meses, o número de funcionários que passaram à reforma ficou abaixo dos 1.600.