O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã (CCILA), Bernardo Meyrelles, afirmou hoje que a presença das empresas alemãs em Portugal mantém-se forte e sólida.

Bernardo Meyrelles falava na abertura da conferência '60 anos de conetividade', que está a decorrer hoje em Lisboa.

«A Alemanha foi durante muitos anos o principal parceiro comercial de Portugal, apenas há pouco mais de uma década que esse lugar passou a ser ocupado pela Espanha», lembrou, sublinhando que «o interesse da Alemanha em Portugal não diminuiu».

Ou seja, «a presença das empresas alemãs em Portugal mantém-se forte e sólida e também os políticos alemães são visita regular», disse, recordando a visita do chanceler Schröder, por ocasião do 50.º aniversário da câmara de comércio ou de Angela Merkel, no ano passado.

A conferência conta com as presenças do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas e do ministro da Economia, António Pires de Lima, entre outros.

Na parte da tarde, a conferência contará com as presenças do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, e do Presidente da República Federal da Alemanha, Joachim Gauck.