O empresário Manuel de Mello Champalimaud, que é administrador não executivo dos Correios de Portugal, reforçou a sua participação no capital social da empresa para 8,22%.

A informação é adiantada pelos próprios CTT, numa nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). 

O gestor adquiriu os títulos nos dias 17, 18, 19 e 22 de agosto. São quatro blocos de várias centenas de milhares de ações dos CTT. Depois disso, passou a deter, direta e indiretamente, 12,3 milhões de títulos da empresa, correspondentes a 8,22%.

Do total de ações adquiridas, 284.885 papéis foram compradas em nome próprio e 12.038.168 títulos em nome da Gestmin.