A Comissão Europeia propôs disponibilizar, já este ano, mil milhões de euros provenientes da dotação da Iniciativa para o Emprego dos Jovens, o que para Portugal poderá representar um pré-financiamento de 48 milhões de euros ainda em 2015.

A proposta foi apresentada esta quarta-feira pelo executivo comunitário, que terá ainda que ser aprovada pelo Conselho e pelo Parlamento Europeu, preconiza o aumento da taxa de pré-financiamento da Iniciativa para o Emprego dos Jovens (IEJ) de 1 a 1,5% para 30% na dotação orçamental de 2015.

Deste modo, os Estados-membros que beneficiam desta iniciativa, como Portugal, podem receber, imediatamente após a adoção dos respetivos programas operacionais, um terço dos 3,2 mil milhões de euros que constituem a dotação orçamental da IEJ, indica a Comissão.

No caso de Portugal, que viu serem-lhe atribuídos cerca de 160 milhões de euros no quadro da IEJ, tal significa que poderá receber já durante o ano em curso 48,2 milhões de euros de financiamento.