Os mercados acionistas norte-americanos seguem hoje a negociar em alta, depois de terem iniciado a sessão sem uma tendência definida, com os investidores a recearem os efeitos de uma intervenção militar dos Estados Unidos contra a Síria.

Pelas 15:00 de Lisboa, o índice industrial Dow Jones ganhava 0,11% para os 14.850,28 pontos, o tecnológico Nasdaq valorizava 0,41% para os 3.627,49 pontos e o S&P avançava 0,14% para 1.642,04 pontos, de acordo com a agência de informação financeira Bloomberg.

No entanto, Wall Street iniciou a sessão a negociar sem uma tendência definida, com os investidores a recearem os efeitos de uma intervenção militar norte-americana contra a Síria e a aguardarem a divulgação, pela Reserva Federal, do 'livro bege', que contém informações recolhidas por um conjunto de 12 instituições financeiras.

A Comissão dos Assuntos Externos do Senado norte-americano elaborou na terça-feira uma proposta de resolução que autoriza uma intervenção militar na Síria durante 60 dias com uma extensão possível até 90 dias.

Na terça-feira, a Bolsa de Nova Iorque fechou em alta, impulsionada pela divulgação de bons indicadores chineses, europeus e norte-americanos, mas também pelos receios de um agravamento do conflito sírio.