As empresas que integram o principal indicador da bolsa espanhola, IBEX 35, registaram em 2013 quase 20 mil milhões de euros de lucros líquidos, o que contrasta com as perdas do ano anterior.

Em conjunto as 35 empresas registaram lucros conjuntos de 19.778 milhões de euros, uma alteração significativa face aos 8.500 milhões de euros de perdas de 2012, na altura arrastados pelos maus resultados do Bankia e de algumas empresas da construção.

O IBEX 35 tinha, no ano passado, uma composição ligeiramente diferente, já que em junho a Abengoa foi substituída pela Ebro Foods e a Jazztel substituiu o Bankia, cita a Lusa.