A Bolsa de Lisboa iniciou a semana em terreno positivo, acompanhando a tendência europeia e animada pelas fortes subidas dos títulos da banca, em particular das ações do BCP. O índice PSI 20 terminou o dia com ganhos de 0,7%, nos 5.506,75 pontos.

O Millennium BCP valorizou 4,971%, para 0,0549 euros, no dia em que o banco apresentou, já depois do fecho do mercado, lucros de 264,5 milhões de euros de janeiro a setembro, em linha com o esperado pelos analistas. Estes lucros comparam com os prejuízos de 110 milhões de euros registados no mesmo período de 2014.

O BPI beneficiou do desempenho do concorrente e ganhou 3,978%, para 1,15 euros por ação. Já o Banif manteve-se inalterado, a negociar abaixo das 3 décimas de cêntimo.
 

Pharol ganha com notícias sobre a OI

 
Outro título que teve uma forte valorização na sessão desta segunda-feira foi a Pharol, que registou ganhos de 4,167%, a beneficiar das notícias de consolidação do setor brasileiro de telecomunicações, que envolvem a participada OI.

A EDP foi outro dos títulos que terminou o dia em terreno positivo, com ganhos de 1,752%, acompanhando a tendência do setor na Europa.

A nota negativa do dia vai para a Galpenergia, com um recuo de 0,976%, penalizada por uma análise do banco norte-americano Morgan Stanley, que reviu  em baixa o preço-alvo da energética, para 9,5 euros por ação. A Galp terminou a sessão nos 9,741€.