"Todos os clientes terão a possibilidade de tomar uma decisão, incluindo a de reformular a sua decisão original, desde que a respetiva comunicação seja recebida no Novo Banco até às 24:00 horas do dia 18 de setembro de 2015", escreveu na altura o supervisor do mercado de capitais português.