Ricardo Salgado e José Maria Ricciardi envolveram-se numa acesa luta de palavras a propósito de notícias tornadas públicas sobre o ambiente de tensão entre os primos.
 
As gravações divulgadas pela TVI este sábado são da reunião do Conselho Superior de 11 de novembro de 2013.

Ricciardi disse que preferia abandonar pelo seu pé do que ser afastado de forma humilhante e que até nem se importava de ir varrer as ruas.

Estas reuniões restritas, em que participavam os cinco ramos da família, funcionavam como um fórum onde se discutiam estratégias e negócios ao mais alto nível. 

Num primeiro excerto, é discutida a repartição das comissões obtidas no negócio dos submarinos, além de se perceber a quem eram pedidas informações e explicações. 

Na segunda parte, são reveladas as discordâncias em relação ao presente de 14 milhões de euros entregue pelo empresário José Guilherme a Ricardo Salgado.

No terceiro excerto divulgado pela TVI, percebe-se que Ricciardi foi o único membro deste órgão que questionou a liderança de Salgado.