O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção voltou a cair em agosto, havendo agora 265.303 pessoas a receber esta prestação, menos cerca de 4 mil que em julho e menos 30.389 do que em agosto de 2012.

Os números são do Instituto da Segurança Social (ISS), cuja atualização de dados feita hoje revela que em agosto havia 265.303 beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI), menos 4.317 do que em julho.

Já olhando para o período homólogo de 2012, a diminuição é bastante maior, com uma quebra de 10,27% no número de beneficiários, já que em agosto do ano passado havia 295.692 pessoas a receberem RSI, mais 30.389 do que as atuais 265.303.

Também ao nível das famílias continua a diminuição que se tem vindo a registar desde as alterações, introduzidas em julho de 2012, na atribuição das prestações sociais.

Segundo o ISS, são agora 107.725 famílias que recebem o RSI, menos 1.723 do que em julho e menos 8.443 do que em agosto de 2012.

A concentração tanto de beneficiários como de famílias continua a fazer-se nos distritos de Lisboa, Porto e Setúbal.

Ao nível dos beneficiários, existem 75.440 no Porto, 52.698 em Lisboa e 21.940 em Setúbal. Já em relação às famílias, há 31.126 no Porto, 21.752 em Lisboa e 8.819 em Setúbal.

Os dados do ISS mostram também que no total dos beneficiários, a maioria são mulheres (135.743). A maioria (44.453) têm menos de 18 anos. Este é o grupo etário que mais recebe esta prestação social, já que também entre os homens, 47.642 com menos de 18 anos recebem o RSI.

Olhando para os valores médios da prestação por beneficiário, houve um aumento entre julho e agosto, passando de 82,81 euros para 83,28 euros. Aumento que se verifica também quando comparando com agosto de 2012, quando o valor médio era de 81,47 euros.

Também o valor médio por família subiu entre julho e agosto, aumentando de 206,70 euros para 207,37. Valor que, no entanto, diminuiu face aos 210,16 euros de agosto de 2012.