O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio, advertiu esta segunda-feira que pode haver um sobreaquecimento do mercado imobiliário em alguns países europeus.

Numa conferência em Frankfurt, Constâncio referiu que as baixas taxas de juro fazem com que alguns segmentos de ativos, como o imobiliário, possam ter um sobreaquecimento (expansão excessiva) em alguns países.

«O BCE e o Fundo Monetário Internacional (FMI) confirmam nas suas análises de estabilidade financeira que alguns segmentos de ativos, entre os quais o imobiliário, mostram um certo sobreaquecimento em alguns países», afirmou Constâncio, citado pela Efe.

O vice-presidente do BCE destacou medidas de prudência macroeconómica que foram ativadas em países como Bélgica, Holanda, Eslovénia e Estónia para enfrentar os riscos.