Em janeiro a dívida pública situou-se em 234,4 mil milhões de euros, aumentando 3,3 mil milhões de euros face ao final do mês anterior, segundo dados do Banco de Portugal.

"Esta variação reflete emissões líquidas positivas de títulos (3,0 mil milhões de euros) e um aumento das responsabilidades em numerário e depósitos (0,4 mil milhões de euros), nomeadamente por via dos certificados do Tesouro (0,3 mil milhões de euros)", diz a nota do regulador.

A subida foi acompanhada por um aumento mais acentuado dos ativos em depósitos (3,9 mil milhões de euros), pelo que a dívida pública líquida de depósitos da administração central registou uma redução de 0,6 mil milhões de euros face ao mês anterior, ascendendo a 217,1 mil milhões de euros.