O Banco de Portugal adverte esta sexta-feira que as sociedades Get Easy Limited (com sede em Macau), Geteasy Lda e  Absolut League (ambas com sede em Portugal), não estão habilitadas a receber depósitos ou outros fundos reembolsáveis.

Estas empresas, «atuando em seu próprio nome ou em nome de entidades terceiras, não se encontram habilitadas para exercer, em Portugal, a atividade de receção de depósitos ou de outros fundos reembolsáveis (ou qualquer outra atividade financeira sujeita à supervisão do Banco de Portugal)», escreve o regulador no seu site.

 Acrescenta ainda que nenhuma sociedade gerida ou administrada pelas pessoas singulares - Tiago Fontoura Miranda, Edgar Alberto Velosa Fontoura, Pedro Manuel Duarte Mira Godinho, Aline Rizato Riguetti, Vânia Cristina Caixeiro Grilo e António Joaquim Reis dos Loios - está habilitada a desenvolver atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do regulador.