Não há duas sem três. Depois do CaixaBank e do BBVA, é agora a vez do Santander reforçar que continua a estudar a possibilidade de cobrar uma comissão às pessoas que usem as suas caixas multibanco em Espanha (ATM) sem serem clientes do banco.

O banco já tinha manifestado esta intenção em julho, quando apresentou as contas relativas ao primeiro semestre do ano e disse que a medida seria para implementar até ao final deste ano.

Na apresentação de resultados dos primeiros nove meses deste ano esta manhã, o CEO do banco, José Antonio Álvarez, revelou que a comissão deverá rondar os dois euros – em linha com o CaixaBank - apesar do Ministério da Economia ter alertado para o elevado valor.

Segundo Álvarez, “o preço está relacionado com os custos” e o custo de manter estas caixas é elevado.

Os lucros do banco espanhol subiram 17% nos primeiros nove meses do ano, para 5.106 milhões de euros.