Apenas cinco dos 17 interessados deverão passar à fase final do processo de venda do Novo Banco, escreve o Diário Económico.

Os concorrentes que forem notificados do afastamento da corrida terão um prazo de dez dias úteis para recorrerem da decisão do Banco de Portugal e do fundo de Resolução, pelo que a sua exclusão e ainda preliminar.

A imprensa tem referido que tinham passado a esta fase de escolha o BPI, Santander, Popular, Apollo, Fosun, Bank oF China e Ambang.

Processo avança para fase de entrega de ofertas finais, já vinculativas, prevendo-se que sejam entregues até ao final de maio.

O preço será decisivo na escolha, mas o provável diferencial entre o valor da venda e os 4,9 mil milhões que o fundo de Resolução injetou no banco vai ser coberto pelo setor bancário.