Do total das 17 entidades interessadas em comprar o novo Banco, 15 delas passaram à segunda fase de seleção.
A informação foi veiculada esta segunda-feira no site do Banco de Portugal.

«Na sequência do interesse na participação no procedimento de alienação do Novo Banco, S.A., manifestado, até 31 de dezembro de 2014 (17h00), por 17 entidades, o Banco de Portugal procedeu à verificação do cumprimento dos requisitos de pré-qualificação por parte de cada uma daquelas entidades, tendo oportunamente determinado que aqueles requisitos se encontravam cumpridos no caso de 15 entidades.»


Os 15 interessados assinaram um acordo de confidencialidade e têm agora até 20 de março para apresentar propostas não-vinculativas para aquisição do Novo Banco.

As propostas serão avaliadas tendo em consideração o preço da oferta, em primeiro lugar,  a disponibilidade para adquirir a totalidade dos ativos colocados à venda, os planos estratégicos e de desenvolvimento para o Novo Banco e quaisquer compromissos com estes relacionados e o impacto geral da operação na concorrência e estabilidade financeira do setor bancário.
 
Só na terceira fase os interessados apresentarão propostas vinculativas. Segundo o caderno de encargos, os potenciais compradores serão convidados a apresentar propostas vinculativas em uma ou mais rondas sucessivas, podendo haver lugar a negociação e à exclusão de potenciais compradores.