O presidente da comissão executiva da Caixa Geral de Depósitos, José de Matos, considerou esta quarta-feira que é importante "salvaguardar as condições de estabilidade para o sistema financeiro e estabilidade macroeconómica em geral para o país".

"Eu não vou responder a perguntas mas terei todo o prazer em declarar-vos que tive a oportunidade de falar com o senhor Presidente da República sobre a situação do sistema financeiro e em particular na perspetiva da Caixa Geral de Depósitos e portanto referir como nos parece importante salvaguardar as condições de estabilidade para o sistema financeiro e estabilidade macroeconómica em geral para o país", disse apenas, numa declaração de 30 segundos.

Estão a decorrer hoje em Belém, durante todo o dia, sete audiências separadas sobre a situação política criada após a demissão do XX Governo Constitucional com os presidentes dos principais bancos a operar em Portugal - Millenium BCP, Novo Banco, BPI, Santander Totta, Caixa Geral de Depósitos, Caixa Económica Montepio Geral - e com o presidente da Associação Portuguesa de Bancos.

Na quinta-feira, Cavaco Silva recebe um conjunto de economistas e, sexta-feira, ouve os representantes dos partidos com assento parlamentar.