O BPI registou lucros de 76,2 milhões de euros no primeiro semestre do ano. No período homólogo os prejuízos do banco ultrapassaram os 100 milhões de euros.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, o banco informa que o lucro líquido consolidado decorre de um contributo positivo da atividade doméstica de 6,6 milhões e de um contributo positivo da atividade internacional de 69,6 milhões de euros.

O produto bancário consolidado aumentou em 258,7 milhões de euros, devido à melhoria da margem financeira em 94,7 milhões (+40.0%) e a recuperação dos lucros em operações financeiras de um valor negativo de 57,3 no primeiro semestre de 2014, que incluía menos valias de 131,9 milhões (antes de impostos).

Os custos de estrutura consolidados aumentaram 5.1%, enquanto na atividade doméstica registam uma redução de 1,1%.

As imparidades para crédito diminuíram de 100,1 milhões para 86,9 milhões de euros. Em percentagem da carteira de crédito, as imparidades para crédito diminuíram de 0,79% para 0,70%, em termos anualizados