O grupo chinês HNA vai comprar 23,7% da companhia de aviação brasileira Azul, do empresário David Neelman, um dos atuais donos da TAP, por 1,7 mil milhões de reais (427 milhões de euros).

Em comunicado enviado esta terça-feira a companhia brasileira fundada pelo norte-americano David Neelman refere que este negócio trará “benefícios importantes para a Azul”, nomeadamente o fortalecimento financeiro, a melhoria dos planos de renovação da frota, dos produtos e serviços ao cliente e a amortização de dívidas.

A Azul é, atualmente, detentora da terceira quota de mercado no Brasil, atrás da TAM e da Gol, com 900 voos diários para mais de uma centena de destinos.