Os voos da TAP vão ser afetados na terça-feira pela greve dos funcionários públicos franceses e que já levou a Direção-Geral da Aviação Civil a pedir às transportadoras aéreas que suprimam ligações de e para aeroportos do país.

Contactada pela Lusa, uma fonte da transportadora aérea portuguesa adiantou que a greve vai causar perturbações nos voos da TAP e remeteu para mais tarde informações concretas sobre as implicações da paralisação.

A greve, organizada pelos sindicatos da administração pública francesa, levou a Direção-Geral da Aviação Civil a pedir às companhias aéreas que preventivamente suprimam terça-feira voos nos aeroportos de Paris, Charles de Gaulle, Orly e Beauvais.

A Direção-Geral da Aviação Civil aconselhou hoje em comunicado as transportadoras aéreas que operam nos aeroportos de Charles de Gaulle, Orly e Beauvais, em Paris, reduzam em 30% os seus programas de voo na terça-feira.

A entidade aconselhou também à supressão de 20% das ligações previstas nos aeroportos de Lyon, Marselha, Nice e Toulouse e alertou para as fortes perturbações previstas para todo o território francês.

No comunicado, a Direção-Geral da Aviação Civil instou ainda os passageiros a pedirem informações junto das respetivas companhias para saber se os seus voos vão ser afetados.