A TAP está a restringir a venda de bilhetes de avião para viagens com origem em Angola.

Esta restrição está a acontecer desde esta segunda-feira, confirmou a TVI. Na origem da decisão está a transferência de divisas e enquanto a situação não normalizar a restrição vai continuar.

A escassez de divisas estrangeiras em Angola e as barreiras à exportação de capitais trouxeram um aumento significativo de compra de bilhetes nessas condições. Ou seja, os bilhetes comprados com origem em Lisboa eram pagos através de Angola.

Já esta terça-feira a TSF noticiou que há centenas de trabalhadores portugueses em Angola que não estão a conseguir enviar dinheiro para Portugal
  
O presidente do Sindicato da Construção de Portugal, Albano Ribeiro, diz que as empresas têm dinheiro, mas nestes tempos de crise em Angola a dificuldade em transferir ordenados está a agravar-se. Os problemas no país têm sido causados pela queda do preço do petróleo.