A TAP transportou 14,274 milhões de passageiros em 2017, um crescimento de 21,7% face ao ano anterior, indicou esta segunda-feira a empresa.

No período de referência, a companhia aérea transportou mais 2,55 milhões de passageiros do que em 2016.

A Ponte aérea Lisboa - Porto foi a rota na qual a TAP transportou mais passageiros em 2017, atingindo um total de 726 mil, mais oito por cento que em 2016”, adiantou a empresa, em comunicado.

Até dezembro, a taxa de ocupação registou um crescimento de 4,3 pontos percentuais para 82,9%.

Segundo a companhia, as rotas europeias foram as que mais contribuíram para os valores obtidos, registando, no total dos 12 meses, 8,7 milhões de passageiros, mais 22% que em 2016.

No mercado norte-americano, a TAP registou um crescimento de 54,5% no número de passageiros transportados para 729 mil, o que se traduz num aumento de 257 mil viajantes face a 2016.

As ligações para o Brasil subiram 14% para 1,6 milhões de passageiros.

O marco de mais de um milhão de passageiros foi, pela primeira vez, superado nas ligações entre o continente e a Madeira e Açores, que tiveram um aumento do número de passageiros de 18,9% (ou mais 183 mil passageiros), atingindo um acumulado anual de 1,15 milhões. Destaque ainda para as rotas africanas, nas quais a TAP superou, também pela primeira vez, o milhão de passageiros transportados num ano, um aumento de 233 mil, ou mais 29 por cento”, acrescentou a companhia aérea.

Conforme indica a mesma fonte, o transporte de carga também registou uma subida, com a TAP Cargo a transportar mais de 78 mil toneladas de carga e correio, um aumento de 25% em comparação com o ano anterior. No total, 80% da mercadoria transportada teve origem nos mercados fora de Portugal.