[Atualizada às 18h22]

O sindicato de pilotos cockpit anunciou esta quinta-feira uma greve de seis horas para sexta-feira na companhia Germanwings, filial da Lufthansa.

«A greve irá afetar todos os voos da Germanwings à saída de todos os aeroportos alemães entre as 06:00 e as 12:00 locais» (entre as 05:00 e as 11.00 em Lisboa), referiu o sindicato em comunicado, citado pela Lusa.

A greve só seria desconvocada no caso de acordo com a direção da empresa, mas a Lufthansa anunciou esta tarde o fracasso das negociações.

«Estamos desapontados por a greve não ter sido evitada», afirmou em comunicado a diretora de recursos humanos da Lufhtansa, Bettina Volkens, acrescentando que o grupo vai «fazer tudo para que os passageiros da Germanwings possam chegar aos seus destinos».

A greve vai afetar sobretudo voos domésticos e terá consequências em cerca de 15 mil passageiros.

Em abril, os pilotos da Lufthansa fizeram uma greve de três dias que levou ao cancelamento de milhares de voos e custou ao grupo 60 milhões de euros.