A easyJet e Sindicato de Pilotos da Aviação Civil (SPAC) anunciaram hoje o primeiro acordo de contratação coletiva para os pilotos ao serviço da companhia aérea britânica em Portugal que, realçam, eleva as condições de trabalho destes profissionais.

Em comunicado conjunto, a easyJet e o SPAC afirmam que "o acordo de empresa agora assinado possibilita a elevação das condições de prestação do trabalho dos pilotos da base portuguesa da easyJet (atuais e futuros)", o que, acrescentam, "vem colocar a easyJet em melhor posição para atrair e recrutar pilotos com um nível qualitativo mais elevado, bem como com uma maior experiência profissional o que se traduzirá, inevitavelmente, numa maior qualidade da sua operação".

Após cinco anos de operação na base easyJet em Portugal - primeiro em Lisboa e posteriormente no Porto -, foi, recentemente, estabelecido um princípio de entendimento entre o SPAC e a companhia, que possibilitou a criação do primeiro Acordo de Empresa (AE) na jurisdição portuguesa.