O sindicato alemão UFO, do pessoal de cabine da Lufthansa, anunciou esta quarta-feira que cancelou a greve marcada para quinta e sexta-feira, um protesto agendado duas semanas depois de uma paralisação dos mesmos trabalhadores durante uma semana.

"A greve anunciada é cancelada e o UFO vai participar num 'encontro de emprego', organizado pela empresa a 02 de dezembro", anuncia o sindicato num aviso publicado na sua página na Internet, citado pela agência AFP.

Por sua vez, a companhia Lufthansa também anunciou que o UFO renunciou a qualquer greve pelo menos até à próxima quarta-feira, dia 02 de dezembro.