A empresa de distribuição e transporte de encomendas norte-americana FedEx anunciou a compra de 50 aviões de carga ao fabricante aeronáutico Boeing, num acordo que inclui uma opção para aumentar o pedido até 100 aparelhos nos próximos anos.

No caso de a FedEx decidir aumentar o pedido até aos 100 aviões do modelo 767-300F a aquisição deverá rondar cerca de 10.000 milhões de dólares (cerca de 9,1 mil milhões de euros).

Em qualquer dos casos, a compra da FedEx permite à Boeing manter a linha de produção do seu modelo 767-300F pelo menos durante mais dez anos, escreve a agência Efe.