O principal sindicato dos controladores aéreos franceses cancelou esta segunda-feira o movimento de greve que estava previsto de quinta-feira a sábado, alegando que ficou satisfeito com as negociações.

A Direção-Geral da Aviação Civil «apresentou-nos um documento que nos satisfaz», disse à AFP Roger Rousseau, secretário-geral do SNCTA, que representa a maioria dos controladores aéreos.

Uma greve de dois dias realizada na semana passada levou ao cancelamento de quase metade dos voos previstos em França.

O sindicato decidiu, no entanto, manter o pré-aviso de greve entre 29 de abril e 2 de maio como forma de pressão para ter a garantia de que se trata de uma proposta «firme e definitiva».

As reivindicações sindicais estão relacionadas com a organização do trabalho e o adiamento da idade de reforma de 57 para 59 anos.

Na passada terça-feira, o SNCTA tinha anunciado paralisações de 08 a 09 de abril, de 16 a 18 de abril e de 29 de abril a 02 de maio.