"Para a grande maioria dos clientes domésticos da EPAL, cerca de 86%, o novo tarifário para 2016 vai implicar uma atualização média de 33 cêntimos por mês", lê-se no comunicado.

A EPAL lembra ainda que tem disponível uma tarifa social destinada a famílias mais carenciadas e que prevê descontos que podem ir até aos 94%.