A TVI é líder de audiências há 10 anos e o primeiro mês de 2015 não foi exceção. No mês de janeiro, a estação de Queluz de Baixo foi a mais vista, com uma quota de audiência de 23,0%. A SIC ficou em segundo, com 19,8%; e a RTP1, em terceiro, com 15,9%, de acordo com os dados da GfK.

No horário nobre, «a TVI garantiu igualmente a primeira posição, com uma quota ainda mais expressiva ao registar 25,7%», lê-se, em comunicado.

Os noticiários da TVI registaram a preferência dos portugueses, liderando à hora do almoço e à noite, com o Jornal da Uma a registar 653 mil espectadores e um share de 26,7%. O Jornal das 8 obteve 1 milhão e 227 mil espectadores, com um share de 25,4%. Aos domingos, Marcelo Rebelo de Sousa mantém a primeira posição entre os comentadores políticos da televisão, com a sua rubrica a obter uma audiência média de 1 milhão e 576 mil espectadores e 30,6% de share.

No desporto, é de destacar a transmissão da Taça da Liga. Os quatro jogos emitidos obtiveram um share de 24,8%, com base numa audiência média de 1 milhão 162 mil indivíduos. No target masculinos, o share sobe para os 31%.

No entretenimento, o “Secret Story: Desafio Final 3”, «revela a preferência máxima dos espectadores ao domingo à noite perante os programas da concorrência, com uma audiência média de 1 milhão e 466 mil espectadores e 37,1% de share». 

«Você na TV» registou, em janeiro, uma audiência média diária de 406 mil espectadores e um share de 30,4%. «A Tarde é Sua» conquistou 471 mil espectadores e um share de 20,5%. «Somos Portugal» é o programa mais visto nas tardes de fim-de-semana, tendo obtido uma audiência de 818 mil indivíduos e 23,9% de share. 

A novela portuguesa «Jardins Proibidos» lidera no seu horário de exibição e registou uma audiência média de 1 milhão e 34  mil espectadores diários e um share de 26,2%. Também a  novela «Mulheres» mantém a liderança, no seu horário tendo obtido em média 710 mil espectadores diários e 25,2% de share.