O parlamento chumbou esta sexta-feira três projetos da oposição que pediam a reposição das 35 horas semanais de trabalho na administração.

Os projetos foram apresentados por Bloco de Esquerda (BE), Partido Comunista Português (PCP) e partido ecologista "Os Verdes" (PEV) e foram chumbados na votação na generalidade pela maioria PSD/CDS-PP e com a abstenção do PS.

Um outro texto do BE recomendando "medidas de combate à precariedade" a reformulação dos estágios emprego foi também chumbado com os votos negativos de PSD e CDS-PP e com toda a oposição a votar favoravelmente.

Por sua vez, uma alteração da lei geral do trabalho em funções públicas propostas pelo Governo, consagrando a "meia jornada" como "nova modalidade de horário de trabalho", foi aprovada com os votos positivos de sociais-democratas e centristas e a votação em sentido contrário de PS, PCP, BE e PEV.