A Inapa registou um lucro de 160 mil euros entre janeiro e setembro deste ano, um valor que compara com um prejuízo de 2,47 milhões de euros em igual período do ano passado, anunciou hoje a empresa.

«Até setembro, os resultados líquidos acumulados consolidados da Inapa aumentaram 2,63 milhões de euros, situando-se nos 0,16 milhões de euros», refere a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os resultados operacionais (EBIT) totalizaram 11,6 milhões de euros, representando 1,8% das vendas, enquanto os resultados antes de impostos atingiram os 0,2 milhões de euros.

As vendas consolidadas recuaram 5,6%, atingindo os 650,1 milhões de euros, uma descida que a empresa justifica com a «redução das vendas de papel de 7,2%, devido não só à conjuntura de mercado negativa, mas também ao rigor no controlo do risco de crédito de clientes a par da política de defesa da margem».

A Inapa afirma que, «apesar do abrandamento na atividade, os negócios complementares continuaram a tendência positiva que têm vindo a registar, com um crescimento de 7,7% na embalagem e 10,8% no negócio da comunicação visual, compensando parcialmente» a queda do negócio do papel.

A empresa distribuidora de papel salienta que a solidez financeira do grupo «foi reforçada», acrescentando que a dívida líquida baixou em 12,8 milhões de euros para 327,5 milhões de euros entre janeiro e setembro deste ano, face ao período homólogo de 2012.

«Apesar do ainda elevado endividamento, a redução da dívida bruta, bem como a descida das taxas de referência permitiu um menor nível de encargos financeiros», afirma a Inapa, precisando que, para a redução da dívida consolidada, «contribuíram, além dos meios gerados pela exploração, a redução do fundo de maneio em 35,4 milhões de euros».