Executivos do Facebook receberam na semana passada representantes da Blackberry para discutir a possível aquisição do fabricante de telemóveis, revelou nesta terça-feira o diário económico The Wall Street Journal, citado pela Lusa.

Segundo fontes citadas pelo jornal, representantes da canadiana Blackberry deslocaram-se à Califórnia para discutir uma eventual operação de venda.

Apesar da estagnação das verbas, das demissões e fracasso do modelo Z10, a Blackberry não tem dívidas e conta com cerca de 2.600 milhões de dólares (1.892 milhões de euros) de liquidez.