O banco espanhol Bankinter emitiu hoje 200 milhões de euros em dívida convertível em ações numa operação que serve para financiar a entrada do banco em Portugal.

Segundo a notícia avançada pela agência Efe, que cita as explicações dadas pelo próprio banco, a operação servirá para suportar o consumo de capital que o banco teve com compra do negócio do Barclays em Portugal, no passado 01 de abril.

Os instrumentos emitidos são híbridos, uma vez que são dívida mas podem ser convertidos em ações em determinadas circunstâncias. Ou seja, estes instrumentos são os ‘CoCos’, como aqueles que o Estado subscreveu nos bancos portugueses em 2012.