Os concursos de empreitadas de obras públicas promovidos até maio atingiram o volume mais elevado desde 2010. Na comparação com os primeiros cinco meses de 2016, mais do que duplicaram, para 1.252 milhões de euros.

Segundo a edição de junho do Barómetro das Obras Públicas da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), o total de contratos celebrados e reportados no Observatório das Obras Públicas até maio, no âmbito de concursos de obras públicas, somou 389 milhões de euros.

São mais 77% do em igual período de 2016, altura em que se obtiveram “os piores registos desde início desta série, iniciada em 2010”.

No entanto – nota - "o diferencial entre obras públicas anunciadas e contratação celebrada continua a crescer de forma muito significativa, atingindo já os 863 milhões no corrente ano”.