O Banco Mundial reviu em baixa a previsão do preço médio do barril de petróleo para 52 dólares em 2015, quando em julho previa 57 dólares.

Num relatório sobre preços de matérias-primas divulgado esta terça-feira, o BM indicou que esta redução reflete o abrandamento do crescimento económico mundial, o forte nível atual de stocks e a iminente chegada ao mercado de um acréscimo de produção proveniente do Irão, após o levantamento das sanções internacionais.

Neste relatório trimestral, o BM indica que o seu índice das principais matérias-primas caiu 17% no terceiro trimestre, devido principalmente ao petróleo, mas também a outros produtos.

A organização estima que os preços da energia sejam, em média, 43% mais baixos em 2015 do que no ano anterior.

Para as commodities excluindo a energia, o BM regista uma descida de 5% nos preços no terceiro trimestre e prevê que os preços venham a cair 14% em 2015.