A Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelou esta terça-feira que apenas menos de um quarto dos trabalhadores a nível mundial tem um vínculo laboral estável.

O modelo de emprego clássico é cada vez menos representativo do mundo do trabalho atual, uma vez que menos de um em cada quatro trabalhadores está empregado em condições que correspondem a esse modelo", afirma a OIT num relatório sobre "perspetivas sociais e de emprego no mundo em 2015".

O mesmo documento refere também que menos de 40 por cento dos trabalhadores assalariados são contratados a tempo completo, o que significa que mais de 6 em cada 10 trabalhadores assalariados em todo o mundo se encontram numa situação de trabalho a tempo parcial ou temporário.