A Ryanair vai avaliar as quatro rotas europeias da TAP canceladas a partir do Porto, afirmou esta terça-feira o diretor de marketing de companhia de baixo custo, Kenny Jacobs.

"Vamos olhar para elas [as rotas suspensas pela TAP]. São uma grande oportunidade", afirmou o responsável da Ryanair em conferência de imprensa em Lisboa, com o objetivo de oficializar o lançamento de uma nova rota diária para Berlim.

A questão tem motivado fortes críticas da autarquia do Porto, que garate que a transprotadora não tem prejuízo com as rotas que decidiu suspender. Esta segunda-feira a TAP voltou à carga e defendeu que apesar das “boas taxas de ocupação os custos da operação dessas rotas não permitem atualmente a rentabilidade da sua operação”.

Foram canceladas rotas com partida do Porto para quatro cidades europeias: Bruxelas, Roma, Milão e Barcelona.