A produção de pera rocha vai ter uma quebra inesperada de 20% devido a um fungo, disse hoje, em Mafra, a associação representativa do setor, durante uma visita secretário de Estado da tutela a um pomar e uma central fruteira.

"As expetativas apontavam para um aumento de produção relativamente ao ano anterior. Infelizmente, este fungo, já muito em cima da colheita, fez com que haja uma quebra de 20% em relação ao ano passado", afirmou Aristides Sécio, presidente da Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha (ANP).

Os produtores já se tinha manifestado preocupados em relação a este fungo no inico de agosto. As perdas agora verificadas causam sérios damos no ano agrícola. Um ano em que o calor também acelerou todo o processo de colheita, não só da pêra, com penalizações em termos de quantidade e qualidade.