O economista João Cantiga Esteves preside à comissão especial de acompanhamento do processo de privatização dos CTT, que integra ainda José Morais Cabral e Duarte Pitta Ferraz, segundo o despacho oficial hoje publicado em Diário da República.

A nomeação vigora desde 04 de novembro, data em que foi assinado o despacho, e prevê que estes responsáveis acumulem a remuneração auferida enquanto elementos da comissão com a do seu lugar de origem.

A Lei-Quadro das Privatizações estabelece que os membros das comissões especiais têm direito a senhas de presença correspondentes a 10% do segundo nível da tabela remuneratória única dos trabalhadores (532,08 euros), mais ajudas de custo.

João Cantiga Esteves foi administrador de empresas dos setores bancário, telecomunicações, turismo e agropecuário entre 1980 e 2000 e exerce atualmente funções de sócio diretor da empresa de consultoria em mercados financeiros e gestão de riscos Ephi-Ciência Financeira, sendo igualmente professor universitário.

O economista José Morais Cabral foi fundador da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) e membro da sua comissão executiva até 1980, sendo atualmente presidente do Conselho Fiscal da Generis Farmacêutica.

Duarte Pitta Ferraz é licenciado em Direito e doutorado em Business Administration, tendo exercido atividades de direção no Banco Comercial Português, Banco Millenium Angola, SOFID (Sociedade Financeira para o Desenvolvimento), Millenium Bank (Grécia) e Bank Europa (Turquia).

É igualmente membro do Comité de Auditoria do Banco Europeu de Investimento (BEI).