O secretário de Estado dos Transportes defendeu hoje que só através da privatização entrará o capital necessário para tornar a TAP mais competitiva e moderna, garantindo que a empresa é e será sempre uma companhia de bandeira nacional.

O secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, esteve hoje na inauguração da exposição “70 anos a voar/A Linha Imperial: uma ponte entre a Europa e África”, que decorreu no Museu do Ar, em Sintra.

Na sua intervenção inicial, Sérgio Monteiro afirmou que a companhia aérea é e será sempre uma companhia de bandeira portuguesa, e disse que o seu objetivo, enquanto responsável setorial, é criar condições e garantias para que o futuro da TAP se faça com os seus trabalhadores.