O Governo da Madeira estimou esta terça-feira que os prejuízos na agricultura decorrentes do temporal que afetou a região na última semana sejam de 1,5 milhões de euros e anunciou apoios até 80% a fundo perdido.

Apurados os valores dos prejuízos, o Governo Regional irá ativar duas medidas de apoio, designadamente pagamento a fundo perdido até 80% do valor do prejuízo e a abertura da medida dos Fundos Comunitários para o restabelecimento do potencial produtivo com apoios a 100% no investimento", anunciou o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.

O mau tempo que afetou a região entre 25 de fevereiro e 05 de março provocou danos na agricultura, sobretudo nas culturas da cana de açúcar e na da banana, na costa sul entre Santa Cruz e a Calheta.

Isto significa que, para além de serem ressarcidos dos prejuízos, os produtores podem investir na reposição das condições de produção das respetivas explorações", afirmou o presidente do Governo Regional, durante uma conferência de imprensa na sede do executivo, na qual também esteve presente o secretário regional da Agricultura, Humberto Vasconcelos.

O arquipélago da Madeira foi atingido por chuvas, vento e agitação marítima fortes na última semana, o que provocou também prejuízos, ainda não totalmente apurados, em portos, marinas, proteções costeiras e infraestruturas desportivas.