Os trabalhadores da Volkswagen (VW) Autoeuropa, reunidos em plenário, elaboraram esta terça-feira um abaixo-assinado para exigir que a administração crie “condições para voltar à mesa de negociações”.

O abaixo-assinado tem como objetivo […] exigir que a administração crie as condições para voltar à mesa das negociações, no sentido de se encontrar uma solução para os trabalhadores abrangidos pelos horários de laboração contínua”, disse, em comunicado, a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa.

Em causa está “a decisão unilateral da administração relativa à compensação a atribuir pela laboração contínua a partir de agosto próximo”.

Segundo o órgão representativo, a administração “não pode ficar indiferente […] à exigência de uma nova solução que melhor satisfaça” as reivindicações dos trabalhadores.

A Comissão de Trabalhadores entregará à administração da VW Autoeuropa nos próximos dias o resultado da recolha de assinaturas ao abaixo-assinado ao qual os trabalhadores esperam que esta responda com a disponibilidade negocial que é exigida”, lê-se no documento.

Esta quarta-feira, a Comissão de Trabalhadores vai reunir-se com os sindicatos representados na empresa para “discutir a situação interna”.