O número de espanhóis sem trabalho registados nos centros de emprego caiu em julho para 4.046.276 pessoas, o valor mais baixo desde setembro de 2010, indicam dados do Ministério do Emprego e da Segurança Social.

A descida em julho foi de 74.028 pessoas, o que representa mais do dobro face ao mesmo mês do ano passado (29.841) e a maior queda desde 1998. Julho foi também o sexto mês consecutivo com o desemprego a descer (13.500 pessoas em janeiro, 60.200 em fevereiro, 119.000 em março, 118.000 em abril e 94.727 em junho).

O mês de julho costuma ser um bom mês nas estatísticas do desemprego, graças à chegada do verão e aos contratos habituais nesta época. Em todos os meses de julho desde 1996 o desemprego em Espanha desceu - salvo em 2005 e 2007. Ainda assim, a média de descida do desemprego em julho nos últimos sete anos foi de 37 mil pessoas.