O secretário de Estado da Energia que os consumidores «portugueses têm de estar preparados para novos aumentos».

Em entrevista à rádio «TSF» e ao site «Dinheiro Vivo», Artur Trindade lembrou que a Europa importa 80 por cento do que consome em energia e, por isso, não se prevê que os valores da mesma possam baixar.