Aumento dos descontos para a ADSE em vigor já em julho

Medida deixa de fora as pensões até 485 euros

Por: tvi24    |   28 de Maio de 2013 às 13:14
O Governo pretende aumentar já em julho os descontos dos aposentados do Estado para o subsistema de saúde (ADSE), deixando de fora pensões até 485 euros, disse esta terça-feira aos jornalistas a coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila.

De acordo com a sindicalista, esta medida entrará em vigor «por decreto-lei» e por isso, de acordo com as intenções do Executivo, já em julho.

«O Governo confirmou que no dia 1 de julho já queria toda a gente a descontar mais 0,75 para a ADSE e por isso isto vem traduzir a vontade do Governo em reduzir ainda mais os vencimentos», disse Ana Avoila.

A coordenadora da Frente Comum falava aos jornalistas no final de mais uma curta reunião com o secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, com esta estrutura.

À semelhança dos trabalhadores do Estado no ativo, o Governo pretende aumentar os descontos para a ADSE dos pensionistas de 1,5% para 2,25% já este ano e para 2,5% a partir de 1 de janeiro de 2014.

TEXTOFunção Pública: Governo reduz regime de mobilidade para um ano
Partilhar
EM BAIXO: Ana Avoila [LUSA]
Ana Avoila [LUSA]
COMENTÁRIOS

PUB
Viver com o salário mínimo, por mínimo que seja

Sabe mesmo quanto leva para casa quem ganha 485 euros brutos, a partir deste mês 505 euros? E como gere as contas? Quem vive no limite, todos os meses, conta-lhe de viva voz. Gina é uma das mães que aceitou contar como gere um orçamento «sempre no limite». Veio da Guiné para Portugal há 18 anos. Este é o primeiro mês em que vai receber mais 20 euros brutos, 17,8€ líquidos. Habituada a saltar de um lado para o outro, Gina sorri sempre: «Sobrevivi. Estou a sobreviver».