O Google lançou um concurso e convidou os jovens de todo o mundo com idades entre os 13 e os 18 anos a concorrerem. O objetivo é conseguir ideias inspiradoras.

Arrancou esta quarta-feira a terceira edição da Feira de Ciência Google. As candidaturas podem ser apresentadas em 13 línguas, português incluído, até 30 de Abril. Os finalistas, 30 de cada região (América, Ásia/pacífico e Europa/África e Médio Oriente), serão conhecidos em junho. E, destes 90, só os 15 melhores vão participar na final, a 23 de Setembro, na sede da Google em Mountain View, Califórnia.

Os prémios incluem uma bolsa de estudo de 50 mil dólares, uma viagem às Galápagos com as expedições National Geographic, e outras experiências com os parceiros da iniciativa - CERN (European Organization for Nuclear Research), Grupo Lego, e as revistas National Geographic e Scientific American -, além de acesso digital aos arquivos da Scientific American durante um ano para a escola do vencedor. A Scientific American tem ainda um prémio de 50 mil dólares para o projeto que se destacar na abordagem de um problema social, ambiental ou de saúde.

Cada uma das categorias (13-14 anos, 15-16 anos e 17-18 anos) terá um vencedor, mas só um poderá arrecadar o grande prémio de 10 mil dólares.

Este ano há também um prémio para a ideia mais inspiradora (escolhida por votação do público).