TVI24

11 de Setembro, o dia que ainda ninguém esqueceu

1

Por Sofia Santana 

 

11 de setembro de 2001. Uma manhã clara poisava sobre o céu de Nova Iorque numa terça-feira que podia ter sido idêntica a tantas outras. Faltava um quarto de hora para as 09.00 quando se começou a escrever uma das páginas mais negras da História. O maior atentado terrorista de sempre perfurava o coração dos Estados Unidos.

Quatro aviões foram sequestrados por operacionais da organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda. As Torres Gémeas do World Trade Center, dois dos edifícios mais altos do mundo e símbolos do poderio económico do país, e o Pentágono foram atingidos.

Três mil mortos. Oitenta nacionalidades. Cicatrizes que o tempo não apaga.

Há 15 anos, os ataques de 11 de Setembro mudaram muito mais do que a paisagem de Nova Iorque. Mudaram o mundo de forma trágica.

2
3
11 de setembro [Foto: Reuters]

A tragédia que abalou o mundo

4

Quatro aviões sequestrados por 19 terroristas

Os ataques terroristas de 11 de Setembro foram coordenados pela organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda, na altura liderada por Osama Bin Laden.

Quatro aviões foram sequestrados por 19 terroristas. Dois colidiram com o World Trade Center, um terceiro atingiu o Pentágono e um quarto aparelho acabou por se despenhar numa zona rural da Pensilvânia.

As trajetórias dos aviões sequestrados [Foto: FBI]

 

  • Voo 11 da American Airlines. Partiu de Boston às 07:59 com destino a Los Angeles. Atingiu a Torre Norte do World Trade Center às 08:46.

  • Voo 175 da United Airlines. Partiu de Boston às 08:14 com destino a Los Angeles. Atingiu a Torre Sul do World Trade Center às 09:03.

  • Voo 77 da American Airlines. Partiu de Washington Dulles, na Virgínia, às 08:20, com destino a Los Angeles. Atingiu o Pentágono às 09:37.

  • Voo 93 da United Airlines. Partiu de Newark às 08:42 com destino a São Francisco. Despenhou-se numa zona rural da Pensilvânia às 10:03.

5
Ataques de 11 de setembro de 2001 [Foto: Sara K. Schwittek / Reuters]

Como aconteceu

6
7
8
11 de setembro [Foto: Ray Stubblebine / Reuters]

O cenário desolador que se abateu sobre Manhattan

9

11 de Setembro: as imagens que o mundo não esquece

Foi há 15 anos. No ataque de 11 de setembro morreram quase três mil pessoas e o mundo mudou

10

Nova Iorque antes e depois

Os ataques ao World Trade Center alteraram drasticamente a paisagem de Nova Iorque. As torres do World Trade Center eram símbolos emblemáticos do desenho da cidade e em pouco mais de hora e meia desapareceram completamente. Mostramos-lhe agora o antes e o depois do 11 de Setembro, através de uma fotografia tirada a 30 de agosto de 2001 e outra registada a 27 de setembro do mesmo ano, já depois dos atentados. (Arraste o cursor na infografia para ver o "antes e depois")

11
15 FOTOS

Como George W. Bush viveu o 11 de setembro

George W. Bush teve conhecimento dos atentados terroristas do 11 de setembro durante uma visita a uma escola primária, na Florida. Os registos fotográficos deste dia histórico para a América e para o mundo foram divulgados recentemente pelo Museu e Biblioteca George W. Bush
12

As vítimas

Os números são avassaladores e mostram a dimensão da tragédia. Os atentados fizeram 2.977 mortos.

Só em Nova Iorque, os atentados ao World Trade Center levaram à morte de 2.753 pessoas. Entre as vítimas estão 343 bombeiros, 23 polícias e 23 oficiais da Autoridade Marítima.

Em Washington, o ataque ao Pentágono provocou 184 mortos. 

A queda do voo 93 na Pensilvânia levou à morte de 40 pessoas entre passageiros e membros da tripulação. 

 

 

 

13

11 de Setembro: as últimas palavras de quem não sobreviveu

As imagens das Torres Gémeas a arder são indiscutivelmente um dos principais símbolos desta data, mas as últimas palavras de algumas vítimas mortais registadas em chamadas telefónicas são impossíveis de esquecer

14
5 FOTOS

Os portugueses que morreram no 11 de Setembro

Os ataques de 11 de Setembro de 2001 nos Estados Unidos fizeram quase três mil mortos. Entre as vítimas há cinco portugueses que estavam no World Trade Center quando a tragédia aconteceu
15

A resposta aos ataques

Os ataques de 11 de Setembro despertaram os Estados Unidos para a ameaça terrorista. Por outro lado, depois de a superpotência mundial ter sido atacada, instalou-se um clima de insegurança noutros países ocidentais.

O presidente norte-americano na altura, o republicano George W. Bush, respondeu aos ataques com uma campanha militar contra o terrorismo a nível global: a “Guerra ao Terror”.

Parte da estratégia passou pela ocupação de países que alegadamente acolhiam ou apoiavam grupos terroristas. Assim, os Estados Unidos invadiram o Afeganistão, em 2001, e depois o Iraque, em 2003.

Desde então, organizações internacionais denunciaram centenas de violações de direitos humanos.

E milhares de soldados norte-americanos perderam a vida em combates nestes países. O número de norte-americanos mortos no Afeganistão e no Iraque suplantou, de resto, o número de vítimas mortais do 11 de Setembro: mais de 7.000 mortos.

16
Guerra no Iraque [Foto: Reuters]

A "Guerra ao Terror" mereceu muitas críticas de organizações internacionais

17

Uma nação ferida festeja a captura de Bin Laden

Quase dez anos depois dos ataques de 11 de Setembro, já Barack Obama conhecia bem a Casa Branca, os Estados Unidos capturaram aquele que era o homem mais procurado do mundo: Osama Bin Laden.

O líder da organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda, que reivindicou os ataques de 11 de Setembro, foi capturado e morto num complexo residencial em Abbottabad, no norte do Paquistão.

Uma operação militar secreta que constituiu uma das conquistas de Obama em termos de política externa e de segurança nacional.

Depois de a morte de Bin Laden ter sido anunciada pelo Presidente numa comunicação ao país, milhares de norte-americanos celebraram o acontecimento nas ruas. 

 

18

11 de Setembro: Bin Laden foi o homem mais procurado do mundo

Líder da Al Qaeda foi morto a 2 de maio de 2011 no Paquistão

19
18 FOTOS

EUA: milhares comemoram morte de Bin Laden

20

11 de setembro: 15 anos depois, o mundo continua a viver sob a ameaça do terrorismo

Foram muitos os ataques sofridos nesta década e meia, grande parte deles na Europa

21

O novo World Trade Center

No exacto local onde até ao dia dos ataques se erguiam as duas torres do World Trade Center, surge agora uma nova paisagem. 

Há uma nova torre, a One World Trade Center, com 104 andares e 541 metros de altura, que se tornou no edifício mais alto dos Estados Unidos.

Tem duas piscinas com a área exacta das torres destruídas e onde estão inscritos em bronze os nomes das vítimas.

O edifício, que demorou quase uma década a ser construído, conta ainda com um museu, o "National September 11 Memorial & Museum", um projeto da autoria do arquiteto luso-americano Lou Mendes.

22
22 FOTOS

Novo World Trade Center é o edifício mais alto dos EUA

Sofia Santana